PROPOSTA – #MaisCulturaMenosConflito!

Nas periferias, os jovens consomem toda a cultura que lhes é oferecida. Não fosse assim, movimentos como o funk e o hip hop não teriam tanta força e produzido tantos talentos no rap ou no grafite, artistas que lotam shows e frequentam galerias e museus no mundo todo. E é essa atração natural que o jovem tem pela cultura que devemos aproveitar. Dar formação, mostrar o que seu bairro e o mundo fazem e fizeram, profissionalizar, dar suporte a uma vontade e a uma cadeia de valor que já existe.

Sobre o CULTURA ENSINA

A importância da cultura para formação dos jovens, e durante toda a vida adulta, todo mundo sabe. Mas tem dois aspectos que ficam muitas vezes esquecidos: a importância na economia da cidade e como ela pode ser usada como ferramenta de inclusão social.

Cultura também gera emprego e renda. A cadeia de valor da cultura é muito maior e mais sofisticada do que se imagina. Uma peça de teatro não tem só atores, ou diretores. Tem porteiro, bilheteira, pipoqueiro, manobrista, iluminador, tem a gráfica que faz o panfleto, o montador de palco, o taxista. E depois do espetáculo, tem o restaurante para ir depois, seus garçons, cozinheiros, lavadores de pratos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>