Luis Sobral nasceu no bairro das Perdizes e cresceu no Bom Retiro, na capital paulista. Fez o ensino fundamental na Escola Tietê e cursou ensino médio e técnico em Mecânica no Liceu de Artes e Ofícios, colégios históricos paulistanos. Formou-se em Comércio Exterior na Universidade Mackenzie, quando entrou para o movimento estudantil e foi eleito à presidência do Diretório Central dos Estudantes.

Desde jovem, esteve engajado em causas que contribuíram para consolidar seu sólido currículo na vida pública. Hoje, aos 42 anos, carrega a experiência de ter sido superintendente do Sebrae-SP e presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), instituição ligada à Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. 

Também foi secretário-adjunto da Cultura de São Paulo na gestão de Andrea Matarazzo, período em que chegou a comandar a pasta interinamente. Ainda na área da Cultura, foi diretor executivo da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA), que administra o Teatro Sérgio Cardoso e grandes festivais em todo o estado de São Paulo.

Foi coordenador de Parcerias Institucionais do Instituto Itaú Cultural e presidente da Associação Brasileira das Organizações Sociais de Cultura (Abraosc), além de coordenador de Projetos da Fundação Juventude Latino-Americana pela Democracia (JULAD).

Foi ainda assessor especial e chefe do gabinete da Secretaria Municipal das Subprefeituras de São Paulo e da Câmara Municipal de São Paulo. Nessas duas ocasiões, trabalhando com Andrea Matarazzo, então Secretário e Vereador. Atualmente, é presidente do Conselho da Indústria Criativa da FIESP.

Carregando experiência na gestão pública, assume agora protagonismo eleitoral e, com determinação e vocação, defende o interesse público acima de qualquer outro. Como vereador, é assim que ajudará a construir um futuro melhor para a cidade de São Paulo.